dor ao evacuar

As principais causas de dor ao evacuar

Sentir dor ao evacuar após um período de alimentação ruim e com pouca ingestão de fibras é compreensível. Se o problema ocorre com frequência, no entanto, é necessário buscar ajuda médica para compreender o que pode estar acontecendo. Neste artigo, citaremos algumas das principais causas de dor ao evacuar. Se você gostaria de saber mais sobre o assunto, confira o material que preparamos abaixo.

Causas da dor ao evacuar

Hemorroidas

As hemorroidas ocorrem quando há inflamação ou dilatação significativa das veias que existem ao redor da região anal ou no reto. Quando há dificuldade para evacuar, forçamos as veias em questão de forma demasiada. Isto, com o tempo, propicia o surgimento de hemorroidas. O problema é mais comum em mulheres grávidas, uma vez que o corpo sofre alterações significativas e há pressão das veias da parte inferior do corpo pelo peso do bebê, em pessoas com sobrepeso ou com intestino preso. A hereditariedade também pode ter impacto na probabilidade do desenvolvimento de hemorroidas. Os sintomas da enfermidade são:
  • Sangramento (que pode ser percebido durante o ato de higienização, uma vez que o sangue pode manchar o papel);
  • Dor ao evacuar;
  • Saliências sensíveis ao redor do ânus;
  • Coceira.

Prisão de ventre

Também chamado de constipação intestinal, é uma situação causada pela dificuldade constante de evacuar. Consideramos que o quadro acontece quando o indivíduo tem cerca de duas evacuações por semana ou sente dor sempre que tenta ir ao banheiro (normalmente sem sucesso). Alterações na rotina, mudanças na alimentação, introdução de novos medicamentos, estresse, depressão, ansiedade e similares podem alterar o funcionamento do intestino periodicamente. Se o problema persistir, no entanto, é primordial que se busque ajuda médica. A constipação intestinal pode estar associada a outros incômodos, como hemorroidas, fissuras anais e, em casos extremos, até com quadros de câncer colorretal. 

Abscesso anal

Também chamado de abscesso perianal ou anorretal, trata-se da formação de um espaço inflamado na pele ao redor da região do ânus. Dada a sua natureza, é normal que apresente-se como um caroço doloroso, que secreta pus. Pode ser causado por uma série de situações e é mais comum em pessoas que possuem doença de Crohn ou retocolite ulcerativa, tiveram infecções na região do reto, possuem fissuras anais ou passaram por processos de retirada de hemorroidas. Pacientes nesta situação devem ser levados ao médico, uma vez que o abscesso perianal precisa ser drenado. Muitas vezes, o paciente precisa passar por um breve procedimento cirúrgico e iniciar o tratamento com antibióticos.

Fissura anal

Pode ocorrer com pessoas de qualquer idade ou estilo de vida, mas é mais comum em mulheres que acabaram de ter filhos, em indivíduos com prisão de ventre e fezes endurecidas e em pessoas diagnosticadas com a doença de Crohn. É caracterizada por coceira ao redor do ânus, rachadura ou pequenos nódulos na região em questão e sangramento após a evacuação. Costuma regredir espontaneamente, no período de quatro a seis semanas. Dado o fato de que pode evoluir para um quadro crônico e provocar dores e perda de qualidade de vida, deve ser tratada por um médico especializado. Quer saber mais? Clique no banner.
Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp